Com 05 votos a favor e 04 abstenção, recurso da cessão onerosa é aprovado na Câmara de vereadores de Itanhém

 

Por ItanhemFest

 

Após o juiz de direto da comarca de Itanhém, Argenildo Fernando dos Santos, determinar que os vereadores de Itanhém fossem compelidos a comparecer à sessão extraordinária a ser designada pelo presidente da Câmara de Itanhém, Sasdelli Resende, observada a forma regimental, aconteceu a Reunião na manhã desta quarta-feira (05/02).

A pauta da sessão era a votação do Projeto de Lei de 01/2020 do poder Executivo, sobre a votação da cessão onerosa, que é um recurso que se refere a valores arrecadados pelo governo federal, a título de bônus de assinatura, no leilão do excedente da cessão onerosa de duas áreas do pré-sal da Bacia de Santos, que é repassado também aos municípios, e para ser usado precisava ser aprovando pela Câmara dos Vereadores.

E com os nove vereadores presente, aconteceu a votação, onde por 05 votos a favor e 04 abstenção foi aprovada.

Os vereadores que votaram a favor foram Sasdelli Resende, Audrey Correia, Valdemar Oliveira, Marcos Villas Boas e Gelson Pícoli, e absteve o voto Ronaldo Correia , André Correia, Nem Mendes e Denilton Porto (Caboquinho).



Notícia Postada em 05/02/2020
Comente esta notícia: