Moradores de Itanhém serão atendidos pela “Carreta da Saúde” de combate à hanseníase

 

 

 A Prefeitura de Itanhém, através da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Estado e Ministério da Saúde, irá encaminhar pacientes do município nos dias 20, 21 e 22 de maio para serem atendidos pela "Carreta da Saúde” para diagnóstico e tratamento da Hanseníase, em Medeiros Neto.

A Carreta de Saúde atenderá demandas de Itanhém e mais 4 municípios, sendo Medeiros Neto, Lajedão, Ibirapuã e Vereda.

O veículo ficará estacionado no Centro de Medeiros Neto, das 7h às 11h e das 13:30h às 17h, e receberá as demandas encaminhadas das Unidades Básicas de Saúde, como também estará aberto a população que apresente os sintomas da doença (manchas com alteração de sensibilidade) e/ou pessoas que convivem com familiares que tenham ou já tiveram Hanseníase.

A partir dessa triagem que serão realizadas nas Unidades Básicas de Saúde, a Secretaria de Saúde de Itanhém fará todo o transporte desses pacientes até Medeiros Neto, onde a Carreta de Saúde estará estacionada. Assim que diagnosticado a doença, o paciente já iniciará o tratamento com o recebimento gratuito de medicamentos.

 

A Carreta da Saúde tem o intuito de promover exames e consultas gratuitos para intensificar o processo de diagnóstico e tratamento da hanseníase. Caso seja confirmada a hanseníase, iniciará de imediato o tratamento, prevenindo assim as incapacidades resultantes da doença

O programa Carreta da Saúde é uma iniciativa do Ministério da Saúde que visa erradicar a doença no país, que segundo o órgão o Brasil está entre os primeiros colocados no mundo com maiores índices da doença.

A carreta funciona como um centro de saúde móvel, e vem munida de equipamentos e cinco consultórios, onde o Município que a recebe que disponibilizará os profissionais de saúde para o atendimento.

Segundo a coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Itanhém, Quéssia Dantas, a importância dessa participação está em reforçar as ações de controle da doença no Município, especialmente no diagnóstico precoce. Em tempo, a coordenadora informa que para mais informações é necessário buscar a unidade mais próxima ou a Secretaria Municipal de Saúde de Itanhém.

Em caso de mancha com diminuição de sensibilidade na pele, procure uma Unidade de Saúde. A hanseníase tem cura. O tratamento é gratuito e logo que você começa, a doença deixa de ser transmitida. Procure a unidade de saúde do seu bairro e faça a triagem.

TV Itanhem




Notícia Postada em 15/05/2019
Comente esta notícia: