Justiça determina retratação das agressões verbais sofridas pela prefeita de Itanhém Zulma Pinheiro na internet

 

Por ItanhemFest
 

A prefeita de Itanhém Zulma Pinheiro (MDB), após sofrer várias agressões verbais, pelas redes sociais, através de áudios, e também pelas ruas da cidade, fez uma denúncia contra os agressores, indentificados como Eliete de Jesus e Carlos Alberto Nunes da Silva. 

E na manhã desta quinta-feira (14/02) aconteceu a audiência de conciliação, no Fórum de Itanhém, onde os autores foram represados pelo advogado João Paulo Amaral e a vítima pelo advogado Marco Antonio dos Santos Marinho. A audiência teve como conciliadora a BEL. Lucilane Alves de Almeida Cacique, onde ficou determinado que os autores do fato se comprometem a não mais dizer palavras que ofendem a vítima ou praticar qualquer outro ato que ofende a vítima principalmente se utilizando das redes sociais (Internet).

Ainda ficou determinado que os agressores não podem praticar o mesmo ato em praça pública, e disseram que aquilo que foi propagado não passou apenas de falácias por parte dos autores.

Os autores ainda terão que no prazo de três (03) dias publicar o presente ato de audiência no Facebook e o WhatsApp. Em caso de descumprimento do presente acordo, incidirá multa no valor de R$ 1.500,00 (Mil e Quinhentos Reais).


Notícia Postada em 14/02/2019
Comente esta notícia: