Dona Vivi morre, aos 87 anos, em Teixeira de Freitas; corpo será velado na Capela Ressurreição em Itanhém

 

Por ItanhemFest 
 
Filha Fernanda - Dona Vivi recebendo homenagem

Maria Vitória Bispo dos Santos, mais conhecida como Dona Vivi, morreu na UTI do Hospital Sobrasa em Teixeira de Freitas/BA, aos 87 anos, na manhã desta quinta-feira (6/9). 

Ela era cadeirante por causa de um derrame sofrido há alguns anos e, recentemente, por complicações cardíacas, ela acabou sendo internada, não resistindo, vindo a óbito. 

Com uma vida dedicada à educação e à assistência social em Itanhém, Dona Vivi deixa seis filhos, 15 netos e 12 bisnetos. Era natural de Minas Gerais. 

Ela era professora aposentada e, durante sua vida, teve forte presença na Paróquia Nossa Senhora D’Ajuda. Também coordenou a Associação da Terceira Idade de Bem com a Vida de Itanhém durante anos. 
 
Poeta A. Zarfeg entregando Medalha Eloino Moreira Lisboa

Em 2013, numa iniciativa do então vereador Delzivan da Silva Gomes, ela se tornou a segunda pessoa a receber a Medalha Eloino Moreira Lisboa. Uma homenagem justa e merecida a alguém que tanto fez por Itanhém, como educadora e cidadã. 

O corpo da agora saudosa Dona Vivi será velado na Capela Ressurreição, em Itanhém, e o sepultamento – que vai acontecer no cemitério local – será nesta sexta (7/9) às 9h


Notícia Postada em 06/09/2018
Comente esta notícia: