Teixeira está entre as cidades com alto índice do uso de crack na Bahia

 

 

A Confederação Nacional dos Municípios divulgou em sua página oficial um estudo onde aponta  as cidades que enfrentam problemas causados pelo consumo de crack.

O Observatório do Crack, idealizado pela CNM, apontou a cidade de Teixeira de Freitas com a mais alta avaliação em  referência a problemas relacionados com o consumo da droga.

A região do Extremo Sul, concentra os maiores problemas do Estado, onde praticamente todas as cidades têm transtornos altos e médios. Cerca de 11 municípios foram classificados com alto índice de problemas, como Teixeira de Freitas e Porto Seguro. Sete cidades apresentam nível médio – a maior é Eunápolis.

Nos 20 maiores municípios do estado, Teixeira de Freitas, está ao lado de cidades como Feira de Santana, Alagoinhas, Barreiras, Paulo Afonso, Porto Seguro e Candeias, apontados com o grave problema.

Na Bahia, das 417 cidades, 321 enfrentam dificuldades classificadas como altas, médias e baixas.

O estudo foi realizado com base em respostas dos próprios gestores municipais, que classificam os problemas de acordo com o nível de interferência nas áreas de assistência, educação, saúde e segurança.

Viviane Moreira \ Verdades Políticas



Notícia Postada em 31/07/2018
Comente esta notícia: