Homem é preso por espancar três filhas com idades entre 7 e 10 anos; duas delas referem estupro

 

 

Um homem foi preso em flagrante suspeito de espancar as três filhas com idades entre 7 e 10 anos no município de Mucuri, no extremo sul do estado. Ao Conselho Tutelar e à polícia, logo após a prisão, duas das crianças contaram que também já foram vítimas de estupro do agressor.

Segundo a Polícia Militar, uma guarnição da 89ª Companhia Independente (CIPM/Mucuri) foi encaminhada para o distrito de Itabatã na segunda-feira (4), por volta das 19h, após a mãe das crianças ter denunciado as agressões.

O agressor foi identificado como Flávio Souza Alvarenga, de 28 anos. As filhas têm 7, 8 e 10 anos de idade. Constatado o espancamento, Flávio foi encaminhado para a 8ª Coordenadoria de Polícia do Interior (Coorpin/Teixeira de Freitas), também na região extremo sul.

A delegada Valéria Chaves, coordenadora da unidade, que confirmou a prisão. Ela disse que as três crianças chegaram à unidade com lesões corporais evidentes. "Uma estava com o olho inchado, outra com a boca arrebentada, outra com galo na testa. Todos tinham lesões no rosto”, contou.

Segundo a delegada, o agressor contou que tinha bebido muito e que não se lembrava do que tinha acontecido. "Ele disse que achava que tinham sido uns tapas”.

A delegada confirmou que duas crianças, as filhas de 8 e 10 anos, denunciaram que também já tinham sido estupradas pelo pai. Ela detalha que já solicitou os exames de perícia, mas que ainda não recebeu os laudos que podem confirmar ou refutar as denúncias.

O agressor continua detido na 8ª Coorpin, aguardando audiência de custódia.



Notícia Postada em 06/06/2018
Comente esta notícia: