Caso Eliza Samudio: Macarrão deixa prisão para cumprir pena em regime aberto

 

 Condenado pela morte da modelo Eliza Samudio, Luiz Henrique Ferreira Romão, conhecido como Macarrão, de 32 anos, deixou na noite desta sexta-feira a penitenciária para cumprir prisão em regime aberto em Minas Gerais.

Segundo o G1, o benefício foi concedido pelo juiz Antônio Fortes de Pádua Neto, que considerou que o condenado já cumpria os requisitos necessários para a progressão da pena. "Quero deixar bem claro: as pessoas que me conhecem hoje sabem que eu não sou um criminoso. Infelizmente, eu participei de um crime.

Tive envolvimento nele", disse ao deixar a prisão. Macarrão deverá cumprir exigências para manter o benefícios, incluindo a determinação de permanecer em casa no período entre 19h e 6h. Ele foi condenado em novembro de 2012 a 15 anos de prisão em regime fechado por homicídio triplamente qualificado – motivo torpe, asfixia e uso de recurso que dificultou a defesa da vítima. Eliza Samudio desapareceu em 2010 e nunca teve o corpo encontrado.

Em março de 2013, o goleiro Bruno Fernandes também foi condenado pelo crime.

Bahianoticias



Notícia Postada em 03/03/2018
Comente esta notícia: