“Falta mais interesse da população”, disse controlador interno na audiência pública sobre a prestação de contas do município

 

Por ItanhemFest


Na manhã da última terça-feira (27/2), na Câmara de Vereadores de Itanhém, aconteceu uma audiência pública, em obediência aos princípios de transparência e publicidade, como manda a Lei de Responsabilidade Fiscal.

A audiência foi dirigida pelo controlador interno do município, Miguel Martins, que apresentou em slides a prestação de contas do terceiro quadrimestre de 2017 do município de Itanhém, dados que já estão no portal da transparência, mas de acordo a lei tem que ser apresentada em audiência pública à população.

Apesar de ser anunciada em carro de som pelas suas da cidade, divulgada em sites, só compareceram para prestigiar o vereador Audrey Correia, o presidente da APLB Marco Antônio, e pouquíssimos representantes da comunidade.

O controlador ficou um pouco descontente, pois esse é um momento importante para todos, para os moradores saberem como e em que o município está gastando os recursos. E, assim, cobrarem e fiscalizem as ações da municipalidade. E ressaltou que não é um ato político, mas de responsabilidade fiscal

"Falta muito interesse da população, esperamos que no próximo, onde iremos fazer um comparativo do terceiro quadrimestre com o primeiro de 2018, que mais pessoas e autoridades apareçam”, disse Miguel Martins.


Notícia Postada em 01/03/2018
Comente esta notícia: