VIVA O PROJETO CLUB RESGATE DE ITANHÉM!

 

Fundado e coordenado por Manoel Binas,

o projeto social celebra dez anos de história

e recebe homenagens da ATL e FEBACLA

 

Por Almir Zarfeg

 

 Diretoria e convidado celebram dez anos do CRR

Trata-se do projeto social – oficialmente intitulado "Club Recreativo Resgate” e, por isso, nomeado pela sigla "CRR” – fundado em 15 de novembro de 2007, na cidade de Itanhém, no extremo sul da Bahia, no mesmo dia em que se comemora a proclamação da República Federativa do Brasil. 

A ideia da criação de uma entidade civil sem fins lucrativos que pudesse ajudar, através de aulas de futebol, as crianças e os adolescentes de baixa renda de Itanhém, partiu de Manoel Binas Sequeira ou simplesmente "Professor Binas”, como ele é comumente identificado pelos alunos e pais beneficiários da iniciativa social.

 

 Bruna, Binas e a sede do Projeto Resgate em Itanhém

Afinal, quem é Manoel Binas? Um pequeno grande homem – 44 anos, morador do bairro periférico do Monte Santo – que, em abril de 2007, resolveu revolucionar a própria vida. Ajudado pelos Alcoólicos Anônimos (AA) e inspirado pelo Evangelho de Jesus Cristo, o pequeno (estatura) grande (grandeza) homem se transformou em outra pessoa, abandonando o alcoolismo e se convertendo à fé evangélica. Assim surgia o novo Binas, um ser decidido a superar os determinismos e as injustiças, dedicando-se às crianças e aos adolescentes carentes de sua terra natal. 

Como sonhava ir muito longe, ao liderar a fundação do Projeto Resgate, Binas se tornou um benfeitor social de sua comunidade, fazendo jus ao sobrenome herdado de um dos personagens mais queridos e relevantes da história de Itanhém, Simplício Binas, seu avô materno.

 

Diretoria e alunos reunidos no Ginásio de Esportes de Itanhém

Esse mesmo Manoel Binas – destemido e orgulhoso de sua origem – segue coordenando o Projeto Resgate, que, ao longo da última década, ganhou importância, virou referência no município de Itanhém e atraiu os olhares de muita gente na região e até em outros estados, por causa da seriedade com que o projeto é tocado e, decerto, em virtude das vitórias obtidas nos torneios, copas e campeonatos para os quais foi convidado. Aceitou o convite, superou-se e trouxe muitas medalhas para casa. 

"Lá atrás, plantamos uma semente de esperança nos corações das crianças e adolescentes carentes de Itanhém. Hoje, dez anos depois, colhemos e continuamos colhendo os bons frutos desse trabalho social, graças às parcerias firmadas com as escolas, famílias, comunidades e outras instituições”, declarou Binas à reportagem do ItanhemFest. 

Ele informou que, a fim de que o projeto pudesse continuar formando cada vez mais cidadãos através do esporte, o CRR conseguiu o título de utilidade pública municipal em 2013 e, no ano seguinte, o de utilidade pública estadual. Conquistou igualmente a sede própria, localizada nas imediações da Praça José Resende Sobrinho, no bairro São João, em Itanhém. O projeto disponibiliza a conta corrente 18.893–X na agência (0851–6) do Banco do Brasil, para receber doações. Os interessados podem acessar a página do projeto na internet: www.cluberecreativoresgate.com.br

Essas conquistas administrativas, segundo o coordenador Manoel Binas, asseguram a manutenção e a permanência do projeto social, porque dão suporte às atividades dos alunos e, ao mesmo tempo, constituem canal para que as pessoas possam apoiar as ações desenvolvidas pelo CRR. Esse esforço garante que o Projeto Resgate continue sendo um sucesso dentro e fora dos campos.

Prova disso é que, nos últimos anos, a equipe vitoriosa ganhou a Copa Comércio de Futsal, a Copa Bola Sete de Futsal, a Copa do Trabalhador, na categoria sub-15, competições realizadas em Itanhém. Fora de casa, sagrou-se vice-campeã na Copa Itinerante do Esporte Clube Cruzeiro (MG), categoria sub-15, realizada em Teixeira de Freitas (BA). Vice-campeã sub-11 na Copa Amadeu Ferreira de Futsal, também em Teixeira de Freitas. Vice-campeã sub-17 na Copa Mucuri de Futebol, só para ficar nessas conquistas mais expressivas.

Além disso, alguns ex-atletas do Club Resgate – como Francis Júnior – já tiveram passagens por times profissionais, como o Vitória da Bahia e o América Mineiro. Pois faz parte da missão do projeto inscrever os atletas nas chamadas peneiras e, dessa maneira, habilitá-los para viverem o grande sonho de jogar em um time grande. O coordenador Binas ressaltou, porém, que a missão maior do projeto é preparar cidadãos por meio da prática esportiva.

"É preciso lembrar que, para ser beneficiado pelo projeto, o aluno precisa estar matriculado numa escola da rede de ensino oficial e regular”, destacou Professor Binas em fala proferida em 15 de novembro de 2017, no Ginásio de Esportes de Itanhém, durante a celebração do 10º aniversário de criação do CRR.

A data foi marcada pela realização de um culto evangélico, logo pela manhã, contando com a presença de alunos, pais, membros da diretoria e do poeta e jornalista Almir Zarfeg, que, representando a Academia Teixeirense de Letras (ATL), antecipou parte das homenagens que seriam feitas ao projeto vitorioso em dezembro, entregando um banner com um poema impresso feito para a ocasião, além de cards personalizados para o presidente Manoel Binas e para a técnica Bruna Prates. As cerca de duzentas crianças e adolescentes atendidas pelo projeto, assim como o poeta, receberam medalhas alusivas à data comemorativa.

 

Bruna e Binas dão camisa do projeto a Zarfeg

Após alguns membros da mesa fazerem uso da palavra, aconteceram as partidas de futebol de salão disputadas pelas equipes. Uma equipe de futebol de salão sub-11 veio da cidade mineira de Santa Helena especialmente para participar do 10º aniversário do Club Resgate. 

Pela tarde, a prefeita de Itanhém, Zulma Pinheiro, compareceu ao Ginásio de Esportes para parabenizar Manoel Binas e desejar sucesso ao projeto exitoso. O secretário de Educação e os diretores de Esporte também marcaram presença. O vereador Sasdelli Resende, igualmente. Aliás, o poder público municipal, seja nesta ou na gestão anterior, vem colaborando visível e decisivamente com o projeto.

"Nossa gratidão a Deus, à comunidade itanheense, ao poder público, aos nossos parceiros no exterior, pais e atletas que, nos últimos dez anos, contribuíram para o sucesso do Projeto Club Resgate”, Binas fez questão de agradecer. 

Realmente, o sucesso das ações empreendidas com o objetivo de ajudar os necessitados e motivadas pelo desejo de promover o bem-estar social, como o CRR, depende única e exclusivamente do empenho das pessoas que as tocam e, também, da sensibilidade das pessoas que ajudam a realizar essas iniciativas. Juntas, essas pessoas mantêm o chamado 3º Setor em atividade e, mais que isso, em ascensão.

Em seu discurso, durante as homenagens prestadas ao Projeto Resgate pela ATL e pela Federação Brasileira dos Acadêmicos das Ciências, Letras e Artes (FEBACLA), no último dia 2 de dezembro na Câmara Municipal de Teixeira de Freitas, Manoel Binas fez questão de manifestar sua gratidão mais uma vez aos parceiros e patrocinadores do CRR. Ele também agradeceu às duas instituições literoculturais pela concessão do certificado de Honra ao Mérito e da comenda Benfeitor Cultural da Humanidade. As honrarias foram entregues por Almir Zarfeg e Dom Alexandre Carvalho, presidentes da ATL e da FEBACLA, respectivamente. 

O presidente da ATL sugeriu a Manoel Binas a nomeação de embaixadores do Projeto Resgate, que seriam pessoas comprometidas a apoiar, de maneira qualitativa e quantitativa, as ações desenvolvidas pelo projeto social. Binas topou de pronto. Os onze primeiros embaixadores serão nomeados em 15 de novembro de 2018, data do aniversário de fundação do CRR. A partir daí, a cada ano, um novo embaixador será nomeado pela diretoria do projeto que tem Manoel Binas como presidente e Gérlio de Oliveira como vice-presidente. 

"Acreditamos na educação e no esporte como ferramentas poderosas que sustentam o projeto social que implantamos há dez anos e que, nesse período, beneficiou centenas de crianças carentes de Itanhém”, concluiu um emocionado Manoel Binas.

 LEIA O POEMA QUE Almir Zarfeg dedicou aos dez anos de história do CRR:

Um PROJETO é um voo

Que pode passar ou passarinho 

É como um toque

Que pode causar ou carícia 

Que pode haver de

Maior ou menor que um toque? 

Uma grandeza:

Uma década vivida, um Manoel Binas

 Uma desgrandeza:

Uma várzea carente de meninos 

Um CLUB é um abraço

Que pode calar ou cuidado 

Um RESGATE é um olhar

Que pode mirar ou milagre

 



Notícia Postada em 31/12/2017
Comente esta notícia: