Metade dos eleitores baianos não fez o recadastramento biométrico obrigatório

 

Os eleitores de Salvador e outros 51 municípios baianos têm até 31 de janeiro de 2018 para realizar o recadastramento biométrico obrigatório. Entretanto, a quase dois meses do final do prazo, apenas 51,62% (2.228.359 pessoas, do total de 4.316.870) realizaram o procedimento.

Segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), dos 10.630.728 eleitores aptos em todo o estado, apenas 4.137.455 fizeram o recadastramento, o que equivale a 38,91% do total. Já a capital baiana registra um percentual de 44,91%, com a adesão de 890.112 dos 1.979.269 eleitores aptos à biometria.

Para se recadastrar, o eleitor deve se dirigir ao cartório de sua Zona Eleitoral ou posto de atendimento do município, cuja lista está disponível no site do TRE

Em Salvador, o procedimento pode ser realizado na sede do TRE, na Secretaria da Fazenda (Sefaz) e na Assembleia Legislativa da Bahia, no Centro Administratvo da Bahia (CAB); nos SACs Barra, Cajazeiras, Comércio e Periperi; nos shoppings Lapa e Bahia Outlet Center; na Casa de Justiça e Cidadania (CJC), no Shoping Baixa dos Sapateiros; e em algumas prefeituras-bairro, além das estações Bonocô e Pirajá do metrô. Confira a lista completa aqui.

Apesar das opções, muitos eleitores encontram dificuldade para agendar o atendimento. Uma delas é a assistente social Mirian Tourinho, que já procurou todos os locais disponíveis. "Estou tentando desde janeiro e não consigo agendar nem nos SAcs nem nas prefeituras-bairro, mesmo acessando o site três vezes ao dia. Na sede do TRE, a média de espera na fila é de 6 horas, mas eu tenho problema na coluna e não posso ficar tanto tempo em pé", reclama ela, complementando que ninguém da sua família ou amigos conseguiu fazer a biometria: "a dificuldade é unânime".  

Já a revisora Tatiana Santos, de 26 anos, foi a única em casa que está atrasada em relação ao procedimento. A procura começou pelo agendamento no SAC do shopping Barra, que é mais próximo de sua casa, e se estendeu para os outros postos, mas sem sucesso. 

"Eu sei que em alguns locais não precisar fazer agendamento mas, para mim, que trabalho em horário comercial e não dirijo, é um pouco mais complicado me deslocar para o CAB, por exemplo, e aguardar até ser atendida. Infelizmente, mesmo com o atestado de comparecimento que eles fornecem, eu não tenho essa disponibilidade para faltar ao trabalho", explica. 

Recesso

Os eleitores que não conseguiram se recadastrar devem ficar atentos ao período de recesso da Justiça, de 23 de dezembro a 1º de janeiro, quando não haverá agendamento.

Segundo informações do TRE, durante o mês de janeiro o atendimento será intensificado com alguns "incrementos", que já estavam previsto e ainda serão divulgados pelo órgão.

Estão obrigados ao recadastramento todos os eleitores convocados ou não pela Zona Eleitoral que esteja executando esse procedimento, inclusive aqueles cujo voto é facultativo e já possuem título (analfabetos, maiores de 16 e menores de 18 anos e os maiores de 70 anos de idade). Confira a situação do seu município aqui

Quem não realizar o procedimento terá o título de elitor cancelado.

A TARDE

 



Notícia Postada em 21/11/2017
Comente esta notícia: