Equipe de saúde faz palestra sobre dengue nas escolas de Ibirajá

 

Por ItanhemFest

 

 Com o objetivo de conscientizar os alunos e professores sobre como evitar a presença do mosquito Aedes aegypti em casas e estabelecimentos comerciais e, assim, diminuir o risco de dengue, febre chikungunya e zika, a equipe de saúde do ESF de Ibirajá, sob o comando da enfermeira Lisimar Barbosa Macedo, fez palestras nas escolas daquele distrito.

As palestras aconteceram nas escolas Sady Teixeira, Nossa Senhora da Penha e João Farias Pires.


 "Essas palestras são muito importantes, pois conseguimos atingir tanto as crianças, adolescentes e adultos, pois sabemos que as crianças conseguem mudar os hábitos dos adultos", disse a enfermeira.

Com essas palestras as crianças adquirem novas informações sobre a dengue e, assim, tem a consciência de que é de responsabilidade de todos tomar os cuidados para combater a dengue.

 

 A doença

 Os principais sintomas da dengue são febre, dor de cabeça, no corpo, em articulações e atrás dos olhos, fraqueza e falta de apetite, muito parecidas aos de começo de uma gripe. Em alguns casos, o doente pode apresentar manchas pelo corpo, náuseas, vômitos e sangramentos. Caso tenha alguns dos sinais, é importante procurar um serviço de saúde, tomar bastante líquido e não fazer uso de medicamentos à base de ácido acetilsalicílico (AAS).



Notícia Postada em 26/09/2017
Comente esta notícia: