Vereador de Itanhém ironiza bloco parlamentar: “Tá mais pra uma lajota”

 

 

Depois da reunião itinerante da Câmara de Itanhém, que aconteceu no distrito de Batinga, no último dia 31, o vereador Sasdelli Resende (PSDB), que é vice-presidente do Legislativo Municipal, gravou um áudio criticando o bloco parlamentar, por não ter aprovado um projeto de lei e duas indicações de sua autoria.

O bloco é formado por Audrey Correia (PR), Deilton Porto, o Caboquinho (DEM), André Correia (PHS), Whyndson Mendes, o Nem Mendes (PP) e Luiz Marcos Villas Boas, o Marquinhos (PSB).

 

 Se sentindo decepcionado e envergonhado, Sasdelli Resende ironizou o bloco parlamentar, fazendo uso de uma expressão que foi muitas vezes utilizada pelo ex-presidente Fernando Collor e pelo ex-deputado Ulysses Guimarães.

"Ao bloco, quá! ‘O tempo é o senhor da razão’. Aqui pra nós, tá mais pra uma lajota”, disse.

Naquele dia, Sasdelli Resende havia apresentado um projeto de lei para dar nome a uma praça e duas indicações para pavimentar três ruas e urbanizar uma área existente em frente à Igreja Católica, todos no distrito de Batinga. O projeto foi aprovado pelos sete vereadores presentes, já as indicações foram reprovadas pelos quatro vereadores do bloco parlamentar. Marquinhos estava ausente.

"O vereador não foi eleito para reprovar as medidas que irão beneficiar o povo. Não fazer nada e torcer para que o colega não faça nada é vergonhoso. Vamos acordar vereadores e exercer a função que nos competem”, advertiu Sasdelli.

 [Edelvânio Pinheiro - aguapretanews]



Notícia Postada em 02/09/2017
Comente esta notícia: