Prefeito é afastado do cargo pela Câmara após denúncia de cidadão

 

A Câmara de Vereadores da cidade mineira de Serra dos Aimorés/MG, divisa com o extremo sul da Bahia, afastou do cargo na noite desta segunda-feira (31/8) o prefeito Agripino Botelho Barreto. O afastamento do prefeito é de 90 dias, por improbidade administrativa, em CPI instalada através denúncia formulada pelo eleitor e morador da cidade Rosélio Souza Jahel, acompanhada pelos vereadores Kilmer, Leto, Ronaldinho e Caburé, com acusação ao chefe do executivo de destruição do patrimônio público, desvio de verbas e fraudes em licitações. A partir de agora, uma Comissão Processante vai investigar as denúncias apresentadas pelo cidadão, e a comunidade espera contar com os outros cinco vereadores, Cuca da Civil, Coelho (ex-Dasa), Isaque da Baixada, Nacib Hamdan e Adriano da Kiwi, que até então se posicionaram em defesa do prefeito. Entre o público presente durante a decisão da Câmara, o cidadão Djalma Santos considerou o momento como “noite da libertação de Serra dos Aimorés, contra a corrupção que estava instalada nesta cidade”. Com o afastamento do titular da pasta, o vice-prefeito Edgar Cruz Silva toma posse nesta terça-feira (01/8) às 09h30 na Câmara Municipal. Por: Clic101

Notícia Postada em 02/09/2015
Comente esta notícia: