Casa da Cultura de Itanhém realiza sarau “Canto, Prosa e Verso”

 

Por Itanhemfest/Ascom Com a finalidade de homenagear o município, pela passagem de seu aniversário, a Casa da Cultura de Itanhém realizou, no começo do mês de agosto, o sarau “Canto, Prosa e Verso”. De portas abertas ao público, o evento contou com a participação de toda a população, inclusive daqueles que conhecem a cultura local e fizeram a história de Itanhém. Vários Artistas locais puderam apresentar seus talentos relembrando a cultura raiz do município, inclusive histórias de vultos como Guilhermina passa pó e Feega, foram contadas pelo poeta cordelista Airam Ribeiro. O hino oficial de Itanhém, composto pelo Pr. Carlos Andrade, foi interpretado de forma regionalizada pelo cantor Alexandre Costa, em seguida, os sanfoneiros Gerson e Custódio apresentaram solos de canções de raiz nordestinas. O momento musical teve participação de artistas como Betinho e Dio, e outros que também foram consagrados na história do município. Talentos como as poetisas Wend, Mariana Cacique e Mikaelli, também tiveram espaço para mostrarem seus trabalhos. O diretor de cultura, Políbio José, além de organizador do evento, participou diretamente apresentando solos de viola, de musica raiz e poemas “caipirês”. De acordo com o diretor de cultura, eventos como este têm sempre resultado positivo, pois, além de resgatar e repassar a cultura raiz do município, também estende a oportunidade para conhecer novos artistas. “Itanhém é um berço cultural amplo. Ao longo dos anos, o município vem se destacando com bons artistas, seja na área musical, artes visuais, literatura, culinária e muitos outros. Pudemos ver no Sarau que, ainda hoje, a nossa cultura artística local nos prestigia com grandes talentos, e isso nos dá orgulho” Ainda segundo o diretor de Cultura, o evento superou expectativas, tanto de público quanto na participação artística no evento.

Notícia Postada em 11/08/2015
Comente esta notícia: