Meio Ambiente apreende animais silvestres no perímetro urbano

 

Jacaré do papo amarelo.

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Teixeira de Freitas chamou a atenção da cidade na segunda-feira 20 de janeiro, ao apreender um animal pouco comum no perímetro urbano: um jacaré do papo amarelo. Durante os últimos meses, várias apreensões foram feitas, com devolução imediata dos bichinhos ao seu habitat. O jacaré, que habita as florestas tropicais, prefere áreas de baixada, em lagoas, lagos e rios. É um animal carnívoro que vive aproximadamente cinquenta anos. O exemplar encontrado ainda era filhote e foi encontrado no principal trevo de entrada da cidade por uma equipe que trabalhava no local, fazendo manutenção. A Secretaria Municipal de Meio Ambiente, ao apreender o animal, contatou o Ibama e devolveu-o à natureza, numa reserva da Fazenda Cascata. A apreensão e soltura do jacarezinho do papo amarelo foi o caso mais recente da Secretaria de Meio Ambiente, mas estas ações tem sido relativamente frequentes desde outubro, época em que foi encontrado um Luis Cacheiro, um tipo de ouriço preto, que foi encontrado no bairro Luis Eduardo Magalhães, depois da denúncia da senhora Eleni Paula de Jesus. O bicho, de hábitos noturnos e solitário, alimenta-se de folhas e frutos e está ameaçado de extinção, assim como o jacaré, ele foi solto numa reserva de mata atlântica nas dimensões da Fazenda Cascata, município de Teixeira de Freitas.


O furão.

Outro visitante pouco convencional foi o mustela, popular furão, mamífero carnívoro que também se alimenta de frutos e cereais. O bichinho foi capturado na rua Heitor Cone, bairro Kaikan Sul,e teve o mesmo destino dos demais, foi devolvido para a natureza. Sulbahianews

Notícia Postada em 24/01/2014
Comente esta notícia: