Deixar recado Recados: 1757
De: indgnados   Para: policia - Meu IP: 186.235.164.11
Mensagem: Acorda policia , temos em itanhem uma grande quadrilha de ladroes de gado e todo mundo sanbe quem sao , varios deles com passagem pela policia e outros nao e algums estelionatarios entre eles , o q a policia precisa para prender eles ??? ou sera q sao presos e a justica manda soltar ??? sera q eles pensam q vao ficar impunes ??? sei q a populacao nao vai aceitar e vai tomar suas proprias providencias . abram o olho ...
Data: 05/11/2013 às 16:57:10
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.90.93
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Picchia

MOINHOS DE VENTO

Aps luta rude
desta vida de heris sabe bem um almude
no loiro moscatel dos vinhedos patrcios. . .
Cansa andar por ai dando combate aos vcios,
aos ferozes drages, aos torvos feiticeiros. . .
O vinho retempera o ardor dos cavaleiros!
Aps o meio tonel, faria, sem lorotas,
o prprio Lancelot lamber as minhas botas. . .
Montaria o espinhao escamado de chamas
do drago que vigiasse a mais bela das damas!
Afrontaria, a rir, cobrindo-me de louros
s com meu varapau, cem mil tribos de mouros,
porque, aps beber uma bilha bem ancha,
eu sei do que capaz um espanhol da Mancha!
D. Quixote, dormis?

No. . .

____________________  _____
Data: 05/11/2013 às 06:33:17
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.85.176
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Picchia

MOINHOS DE VENTO

Estamos numa estalagem de Toboso. Sancho j bebeu e bebe ainda.
D. Quixote, exausto, cochila com os cotovelos fincados na mesa, mos segurando a fronte. Fumaa pestilenta de lmpada de azeite
e cheiro estridente de linguia frita.

Que tendes, meu Senhor? Vosso ar de abandono. . .

Bebe e deixa-me em paz. Estou louco de sono. . .

J cuidei do meu asno e do fiel Rocinante.
Dei-lhes aveia e gua. . .

Ol! Mais alicante!

Que venha um cangiro. . .

____________________  ______
Data: 04/11/2013 às 01:57:47
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.71.246
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Pichhia

OS MOINHOS DE VENTO

Olhai: naquele tope,
monstros erguendo no ar seus vultos de ciclope. . .
So dez! So vinte! Cem, alando os braos tortos. . .

Quero que sejam mil, que mil sero os mortos!

Carregai!

O  nde esto?

Entre as trovas e a bruma
cada qual mais ousado o porte hercleo apruma
e avana! Carregai! Maiores que elefantes
causam-me at pavor!

Mas que so?

So gigantes!

Agora os vejo bem.

No percais um momento!

Espera. . .

Que?

No vs? so moinhos de vento!

_______________  _______________
Data: 03/11/2013 às 05:00:37
De: salim   Para: ITANHEMFEST - Meu IP: 189.23.228.52
Mensagem: PARABENS O SITE FICOU OTIMO , AS FOTOS FICARAO BEM NITIDAS ,MELHOROU MUITO DEU UMA CARA NOVA VALEU PITA PARABENS
Data: 02/11/2013 às 22:29:36
De: Jomar Reis   Para: Antnio David - Meu IP: 187.101.175.110
Mensagem: Para: ANTNIO DAVID ARAUJO TICO

meu amigo, breve seremos ns, infelizmente uma das coisas que no podemos escapar. Sinto muito.

Estive com Ita em 2002 em Itanhm. Fale pra ele que est me devendo uma crnica sobre Caravelas. Ele tambm fez parte dos
onze do hotel Miramar.

E justo ele que foi professor em Medeiros Neto, diretor do ginsio, no escreveu sequer uma linhazinha.

Abraos.
Data: 01/11/2013 às 12:18:56
De: ROMILDO SOUZA   Para: MEU CONTERRANEOS!! - Meu IP: 177.158.196.75
Mensagem: A PAZ DO SENHOR JESUS A TODOS OS MEUS CONTERRNEOS DESTA CIDADE MARAVILHOSA E ABENOADA PELO MEU DEUS CHAMADA ITANHM, DEZEMBRO ESTAREI AI EM NOME DE JESUS.
Data: 01/11/2013 às 07:21:35
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.74.193
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Picchia

Olhai: o cu se estrela. . . Os espaos profundos
rompem na florao de milhares de mundos!
Que seria o horizonte, apavorante e frio,
seno o enigma atroz do infinito vazio?
Mas a imaginao escala o cu inflama
em cada luz de estrela a beleza de um drama.
D-lhes alma e povoa as celestes paragens
com o mundo espectral e vivo das imagens. . .
Olhai: aquela heroica; aquela outra to mansa. . .
Uma o ardente Quixote e a outra Sancho Pansa,
e a de brilho sem par, clara como uma ideia. . .

Qual?

Aquela. . .

E quem ?

Olhai bem.

Dulcina!

____  ________________________
 


Data: 01/11/2013 às 04:01:15
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.67.8
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Picchia

Sempre poeta a sonhar imbecis maravilhas!
O trote do animal rebenta-me as virilhas. . .
Nesta perna fulgura uma dor que no cansa
como se a atravessasse a ponta de uma lana.
Tenho sono. . .

Dormi. . .

Onde um leito? Um albergue?
A noite cai. Das chs um frio manto se ergue
de nvoa; o vento o pai do espirro e o lirismo
do orvalho no mais que o prprio reumatismo. . .
No sentes que um punhal gelado a mida brisa?

Dormi sobre o vergel que a noite pulveriza
com vidrilhos de geada, o alvo lenol do inverno!

Sancho! melhor que vs para os quintos do inferno!
Isso judiar demais de um fidalgo pateta
cujo mal foi seguir a cabea de um poeta. . .
Beber vinho de luz, comer plen, so lances
dos cretinos heris que vivem nos romances!

____________  __________
Data: 31/10/2013 às 01:48:09
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 177.189.33.118
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Picchia

OS MOINHOS DE VENTO

D. Quixote! Elevai a vossa alma estupenda
altura da misso de um heri de legenda!
A terra vil; a vida churda; a carne lama;
vosso esprito luz e vosso olhar chama!
E longe de o arrastar pelo instinto, de rastros,
erguei o pensamento ao resplendor dos astros!
Tendes fome?

Se tenho! Sonho com caarolas!

Comei plen de flor no prato das corolas. . .

Ests louco, meu Sancho? Este estmago rude
com tropos de poesia a fome no ilude. . .
Quando ele ruge assim, o meu pobre desejo
de idealismo vo: po po, queijo queijo. . .
Irra! Daria agora, ante esta fome estranha,
por um magro jantar, at o cetro de Espanha!
Tenho sede. . .

Bebei. . .

Mas, Sancho, no caminho
chupaste ao garrafo todo o resto do vinho. . .

Olha: est mais enxuto at que as mossas goelas. . .

Bebei vinho de luz nos cristais das estrelas. . .

____________________  __
Data: 30/10/2013 às 03:21:26
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.76.75
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Picchia

OS MOINHOS DE VENTO

Por piedade, Senhor! Vossa blasfmia mancha
o mais nobre corcel que existe em toda a Mancha!
Olhai-o bem; ainda, apesar dos seus anos,
h uma candura irreal nos seus olhos humanos.
E que alma! E que vibrar de mpetos e de atitudes
contidas nos tendes das suas pernas rudes!
Quando fita o horizonte, o seu olhar tristonho
alarga na paisagem o infinito de um sonho. . .
Tarde. . . O silncio cai cono uma ave ferida.
A terra, estupefata, escuta: a dolorida
sufocao da luz, da cor, do movimento
pe nos charcos azuis o clamor de um lamento. . .
Ento, por sobre a faixa escura do poente,
mudo, equestre, marcial, couraa reluzente,
lembrais, de manto negro, olhar sanhudo e aziago,
um corisco montando o corcel de Sant'iago.

s poeta?

Poeta? Qual! Sou um pobre escudeiro!. . .

Tal vigor de expresso s a encontra um troveiro. . .
Pena que a sorte m, para ferir-te o orgulho,
em lugar de bandurra, arranjou-te um bandulho.

. . .

____________________  ___
Data: 28/10/2013 às 07:14:59
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.71.169
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Picchia

OS MOINHOS DE VENTO - II

D. Quixote! Montais o corcel de S. Jorge!

Este bicho nem anda: a custo o arrasta o relho
com cautelas de um asno e o temor de um coelho.
Tenho nsias de lanhar a sua anca a chicote!

D. Quixote!

Olha bem.

Delirais, d. Quixote?
Insultar Rocinante! Oh! blasfmia tamanha
a um corcel que faria orgulho ao rei da Espanha!

Cala a boca, idealista! Deste peludo diabo
um velho espanador j sem penas, o rabo. . .
O outro dia, ao passar junto quela estalagem,
murmurou, galhofando um pagem a outro pagem,
vendo o matungo triste e meu manto de crepe:
"Venham ver um espeto em cima de um estrepe!"

____________  __________



Data: 27/10/2013 às 04:58:45
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.70.77
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Picchia

OS MOINHOS DE VENTO

A paisagem uma charneca por onde se
dilata a invencvel e nmade melancolia de
D. Quixote. No h burgos nem castelos
vista. tarde. O cho raso e estril no
oferece sequer motivos para os altos
relevos decorativos das sobras.

Sancho. . .

Pronto, patro. . .

Repara o Rocinante:
tropea a cada passo e rincha a todo o instante. . .
No seu olhar de sonso h, pvido e caduco,
o temor do vilo e a indeciso do eunuco.
A carcaa senil ringe e seu beio mole
espuma; seus pulmes arfam mais do que um fole. . .

Recordai que o corcel que vindes cavalgando
o vivo pedestal de um rival de Rolando

Nunca vi um sendeiro assim to lerdo e magro!
Tem as manhas de um burro e o choito de um onagro.

Repara. . . Tropea! Vai ver que, num tropeo,
o faminto animal vira-me pelo avesso. . .
A sela o machucou aqui, junto ao alforge.

_____________  ___________

Data: 26/10/2013 às 05:32:02
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 201.68.57.225
Mensagem:
O AMOR DE DULCINA - Menotti del Picchia

Este D. Quixote era uma velha obsesso do meu esprito.

Escrevi-o em SETEMBRO DE 1928 - conservando a forma exata com que o poema se gestou dentro de mim.

Sancho, o supremo idealista, o microcosmo terno da humanidade, que se completa com o esprito adjectivo do Cavalheiro da Triste Figura.

Heris comuns a todas as latitudes geogrficas, vivem seu
instante nacional no territrio brasileiro da lngua deste poema, porque so os dois polos universais do prprio homem, cidados de todas as ptrias, alegorias internacionais do egoismo e da espiritualidade.

M. D. P.
Data: 22/10/2013 às 17:08:03
De: nilson de mariazinha   Para: jhonny de edelviz - Meu IP: 200.199.188.97
Mensagem: 189.83.43.149
Data: 20/10/2013 às 06:59:14
De: nilson de mariazinha   Para: jhonny de edelviz - Meu IP: 200.199.188.97
Mensagem: pois bem jhonny, meus numeros so esses:
(73) 3295-2844
(73) 8823-1560
(73)9977-8953
Data: 20/10/2013 às 06:56:43
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.95.206
Mensagem: A ESTRELA VERDE.

Na abbada do cu, a humanidade contemplava milhes de estrelas de vrias cores: brancas, lilases, prateadas, douradas, vermelhas, azuis.
Um dia, elas procuraram o Senhor, Deus do universo, para dizer-lhe: - Senhor Deus, gostaramos de viver na Terra com os homens. - Assim ser feito - disse-lhes Deus - conservarei vocs todas pequeninas como so vistas, e podem descer Terra.

Naquela noite houve uma linda chuva de estrelas. Umas desceram nas torres das igrejas, outras foram voar e brincar com os vaga-lumes no campo, outras se misturaram com os
brinquedos das crianas, e a Terra ficou maravilhosamente iluminada.

Passado algum tempo, porm, as estrelas resolveram abandonar os homens e voltar aos cus, deixando a Terra escura e triste. - Por que voltaram ? - Perguntou Deus, a medida que iam subindo. - Senhor, no nos foi possvel permanecer na Terra. La existe muita misria, muita desgraa, fome, violncia, guerra, maldade, doena. E o Senhor lhes explicou:

Claro, o lugar de vocs aqui no cu. A Terra o lugar do transitrio, do imperfeito, daquele que caiu, daquele que erra, daquele que morre. . . O cu o lugar da perfeio, o lugar onde tudo bom, onde tudo eterno. . .

Depois que todas estrelas, retornaram ao cu. Deus conferiu seu nmero, e falou de novo: - Mas est faltando uma estrela! Ser que se perdeu no caminho?
Um anjo que estava retrucou:
- No Senhor! A estrela resolveu ficar entre os homens. Descobriu que seu lugar exatamente onde est a imperfeio, onde h limites, onde as coisas no vo bem.
- Mas que estrela essa ? - Voltou Deus a perguntar.
- Por coincidncia, Senhor, era a nica estrela daquela cor.
- E qual a cor dessa estrela ? - Insistiu Deus.
- Verde, Senhor! A estrela verde do sentimento de esperana. E quando ambos olharam para a Terra, a estrela verde j no estava mais sozinha.

A Terra aparecia novamente iluminada, porque havia uma estrela verde no corao de cada pessoa; porque o nico sentimento do homem, que Deus no tem, a esperana. Deus conhece o futuro. E a esperana prpria da natureza humana, prpria daquele que cai, daquele que erra, daquele que no perfeito, daquele que ainda no sabe qual o seu futuro.

* * *

HISTRIAS RECONTADAS - Pe Adallbio Barth - 2003
Data: 20/10/2013 às 02:06:04
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.117.185
Mensagem: "UM QUARTO DE HORA'

Quando tiveres um quarto de hora disposio, reflete nos
benefcios que podes espalhar.

Recorda o dilogo afetivo com que refaas o bom-nimo de
algum familiar, dentro da prpria casa; das palavras de paz e amor que o amigo enfermo espera de tua presena; de auxiliar em alguma tarefa que te aguarde o esforo para a limpeza ou o reconforto do prprio lar; da conservao edificante com uma criana desprotegida que te conduzir para a frente as sugestes de boa vontade; de estender algum adubo a essa ou aquela planta que se te faz til; e do encontro amistoso, em que a tua opinio generosa consiga favorecer a soluo do problema de algum.

Quinze minutos sem compromisso so quinze opes na construo do bem.

No nos esqueamos de que a floresta se levantou de sementes quase invisveis, de que o rio se forma das fontes pequeninas e de que a luz do Cu, em ns mesmos, comea de pequeninos raios de amor a se nos irradiarem do corao.

MEIMEI

(Pgina recebida pelo mdium FRANCISCO CNDIDO XAVIER.)
Data: 17/10/2013 às 09:47:49
De: Jomar Reis   Para: Quem quando criana participou? - Meu IP: 189.79.65.240
Mensagem: Passado revisitado e comprovado sem interesse financeiro, promocional e/ou qualquer coisa que o valha. s para se
lembrar e deixar escrito. J falei. Quem souber, que faa de
forma correta, eu s sei nesses conformes.

para se perguntar, qual o idoso de Itanhm que na poca participou da "Passeata Estudantil em prol dos Srs. Sady
Teixeira Lisboa e Joo Farias Pires?" Deve estar fazendo 50 anos, ou j fez no incio do ano?

As madeiras Zez Lopes, filho de Duca Lopes, irmo de Joca, ex-prefeito, pegou na serraria do pai e no sei como
conseguimos fazer os cartazes com cartolina e a crianada
na poca, se divertiu. Foi tudo espontneo e de corao.

Quem participou? Ser que esto todos mortos?

Vamos fazer uma observao, preciso que tenha mais de 55 anos.

Fui criado em Itanhm e por que no?

Jomar Santos dos Reis.
Data: 17/10/2013 às 05:19:29
De: jhonny silva   Para: nilson filho de Mariazinha de Guenegundo - Meu IP: 189.83.43.149
Mensagem: Nilson,preciso do seu telefone,tenho que falar com vc.JHONNY,filho de Edelviz.
Data: 15/10/2013 às 22:31:18
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.92.227
Mensagem: RODOVIA ITANHM/MEDEIROS NETO (BA-290)

JOS HENRIQUE DOS REIS, foi Fiscal Geral do Municpio de Itanhm e nestas trs obras: Rodovia Itanhm/Medeiros Neto, Relocao do Cemitrio e quase todas Locaes das ruas de Itanhm, no teve a cabea nem as mos de mais nenhuma pessoa. tudo mentiroso, aproveitador, para
no dizer outras coisas. No falta de respeito com quem j morreu ou com quem est vivo. a verdade.
Meu av quando fez a mudana da famlia de Santa Cruz da Vitria para Itanhm, ele e outros vieram a p e veio junto uma jumenta de nome "paquinha".
Pois bem, era nesta jumenta que eu e meu tio "Duga", levvamos as cocadas que minha me fazia para vender aos trabalhadores da Rodovia BR-290, Itanhm/Medeiros Neto. O Sr. Dolrio Rodrigues nesta poca no existia como poltico. Ele s foi aparecer depois de 1958. O Sr. Plnio Curvelo, trabalhou na estrada, como muitos outros. Mas que fique claro de uma vez por todas, muitas das ferramentas que construram essa rodovia, ficavam num barraco, em frente a casa do pai de "Garoto", irmo de Joventino, Baiano e outros. E era onde minha famlia dormia at a nossa casa ficar pronta.

Foi por isso o dizer: QUE A RODOVIA FOI CONSTRUDA PA E PICARETA, Sr. IVAN SANTANA.

Ele foi administrador, engenheiro, topgrafo, desenhista-projetista, calculista, laboratorista e tudo mais que se possa pensar para se construir uma rodovia.
Data: 11/10/2013 às 14:01:53
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.66.211
Mensagem: Ser esprita: VIRIATO CORREIA.

"Ser esprita no s dizer que o . preciso s-lo na essncia.
Ningum esprita pela boca e sim pela alma.
Ser esprita ter a f acesa como o sol e ter f maior que o prprio mundo. ter o apostolado do bem, ter o sacerdcio da dor.
Ser esprita perdoar. receber a ofensa com humildade. Porque em cada humilhao que se receber est a graa de Deus para nos exaltar.
Ser esprita ter fraternidade. ver em cada criatura, em cada homem, um irmo de dor, em cada irmo um companheiro que precisa de apoio e de amparo. ver nos humildes, nos que nos parecem inferiores, a nossa prpria inferioridade.
Ser esprita renunciar. renunciar aos gozos terrenos em bem da ventura que est acima, nas esferas iluminadas. renunciar ao gozo prprio, em bem do alvio alheio. ter a volpia da dor, por saber que, em cada sofrimento, est o desconto de uma dvida. ver na dor um bem, ver no infortnio uma graa, ver na desventura um prmio. sorrir quando sofre, porque quem sofre caminha para Deus. agradecer a amargura, como se agradece o mimo de uma flor. sair para a rua, sufocando gemidos prprios, para consolar o gemido alheio.

Ah! So virtudes muito altas, virtudes augustas, e quase inatingveis.

Tenho-as  ? Eu prprio reconheo que no.

Sou esprita? No sou. Tudo me falta, em essncia para s-lo.

. . .

ESCRITORES E FANTASMAS - Jorge Rizzini
Data: 11/10/2013 às 05:38:56
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.114.109
Mensagem: "NO DE PERCAS. . ."

Aceitars nos revoltados, aqueles irmos que a insaciedade
e a ignorncia enlouqueceram, temporariamente, e, nos cados aqueles outros que a fraqueza ou o desequilbrio atiraram margem da estrada, a te implorarem apoio e consolao.

Acende em ti a luz da esperana e prossegue frente!. . .

No te percas no emaranhado daqueles que desperdiam as horas, pesquisando sem proveito a noite das origens e ancorando o crebro, bastas vezes, no pessimismo ou na inquietao!

Segue iluminando de servio ao prximo a senda que se abre ao esforo cotidiano, porque a vida te revelar todos os seus segredos no campo da dor e do ser, da evoluo e do destino, quando lhe atingires o cimo solar, onde te identificars para sempre com a presena do amor.

"Emmanuel".

Do livro: Amor e Sabedoria de Emmanuel
CLVIS TAVARES.
Data: 09/10/2013 às 14:30:12
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.114.109
Mensagem: "NO DE PERCAS. . ."

Aceitars nos revoltados, aqueles irmos que a insaciedade
e a ignorncia enlouqueceram, temporariamente, e, nos cados aqueles outros que a fraqueza ou o desequilbrio atiraram margem da estrada, a te implorarem apoio e consolao.

Acende em ti a luz da esperana e prossegue frente!. . .

No te percas no emaranhado daqueles que desperdiam as horas, pesquisando sem proveito a noite das origens e ancorando o crebro, bastas vezes, no pessimismo ou na inquietao!

Segue iluminando de servio ao prximo a senda que se abre ao esforo cotidiano, porque a vida te revelar todos os seus segredos no campo da dor e do ser, da evoluo e do destino, quando lhe atingires o cimo solar, onde te identificars para sempre com a presena do amor.
Data: 09/10/2013 às 14:25:30
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.69.78
Mensagem:
UMA CHUVA NO SERTO - Joo Celso Filho (Assu-RN)

Serto. Em pleno inverno. Os rios descem,
As margens alagadas. Os marmeleiros
Ressequidos, agora reverdecem. . .
Ouve-se, ao longe, a voz dos boiadeiros.

O gado muge nas campinas. Crescem
Os ramos e o capim nos tabuleiros.
As messes de oiro fulvo amarelecem,
Partem para o labor os vis roceiros.

O Peixe, nas lagoas, em cardume,
Pontilha face d'gua. Um vaga-lume
De quando em vez, no espao relampeja. . .

E, enquanto a noite desce, misteriosa,
A chuva cai em btegas, copiosa,
Ressuscitando a terra sertaneja!

(e-mail: fernando fanfa caldas)


Data: 02/10/2013 às 07:52:05
De: Jomar Reis   Para: A quem possa interessar - Meu IP: 189.79.86.31
Mensagem: Sexta-feira, 24 de outubro de 1862.

Momentos de desnimo, de tdio . . . O tdio descolore tudo o que toca.

A fora, na discusso, a clareza das ideias; a clareza sempre temida; desconcerta os espritos confusos, desmascara os adversrios de m-f; no a verdade,
mas fixa o assunto e faz aparecer a contradio. . .

. . . De onde lhes vem, s mulheres, a facilidade de palavra? Da futilidade do assunto ou de um dom oratrio? Seu corpo
mais delicado, mais aperfeioado, tambm um rgo de
expresso mais livre e mais exata. - Minha carta a Henri:m parecer-lhe-ei muito verstil; ele julga que necessrio gozar o presente e respondo-lhe que estou de acordo, uma vez que o presente possa oferecer-nos prazeres.

____________  _________ SULLY PRUDHOMME

- DIRIO NTIMO -
Data: 24/09/2013 às 08:09:00
De: Jomar Reis   Para: "A quem interessar possa" - Meu IP: 189.79.79.69
Mensagem:
OS MAXACALIS

Enfim, quanto questo capital, "o homem selvagem seria mais ou menos feliz do que o homem civilizado?"

- Denis, mostra-se como observamos, aberto ao sonho e distante das das utopias. Se suas leituras de adolescente ergueram diante dele a miragem de similares exticos da "Cia Feliz", sem dvida, subscreveu, como viajante prudente, ao dilogo de Valney onde Rousseau censurado a vida selvagem "por comparaes tomada floresta de Montmorency" e ter imaginado a esse respeito "um mundo de abstraes". Aos problemas que a real existncia do ndio criava, h trs sculos, para o pensamento ocidental, Denis responde parcial e indiretamente, numa novela que evita ser obra de tese, porque toma emprestado aos dados da etnografia e da histria, bem como experincia do viajante, fatos particulares que nenhum sistema organiza.

Assim, por inclinao pessoal que Denis, apesar de sua formao, permanece finalmente bastante alheio s discusses tericas to caras ao sculo XVIII; mas est tambm seguindo um caminho que obras mais recentes j esboavam, se pode parecer excessivo afirmar que, a partir de Bernardin de Saint-Pierre e Chateaubriand, o tema do ndio explorado "sem referncia alguma ao problema filosfico de natureza humana; no se h de negar, entretanto que o bom selvagem fica sempre mais distante.

A iluso quanto a sua "bondade natural", tenha ou no sido "quase universal", tende a esvanecer-se. A experincia de novos viajantes - s vezes mulos involuntrios de Denis - no estranha a essa evoluo. Descobrem que os selvagens de carne e osso no so como os de Rousseau.

____________  __________ JEAN - PAUL BRUYAS
Data: 23/09/2013 às 06:49:27
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.90.214
Mensagem: OS MAXACALIS

Ferdinand Denis, 1979

No caso especfico da tribo que deu nome a obra de Denis, escreveremos pois MACHAKALIS (grafia do autor), falando
da personagem coletiva da novela, o MACHACALI para designar o grupo que lhe serviu de modelo.

(Mas registramos a grafia portuguesa - MAXACALIS, MAXACALI).

Cerca de 70 km ao Sul - Sudoeste de Jequitinhonha, encontra-se a cidadezinha de Maxacalis e uma povoao, a aldeia dos MAXACALIS.

Toda traduo uma leitura e, como tal, prope apenas solues possveis da crtica.

_____________  ____________

Data: 22/09/2013 às 07:31:16
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.87.223
Mensagem: OS MAXACALIS - Ferdinand Denis

Ainda que jamais cite Rousseau, pelos inmeros ecos que respondem a essa grande voz e pela orientao imprimida ao pensamento, a sensibilidade de meio sculo.

O retorno de Kamuri floresta , como vimos, "Rousseauista", e tambm o , em seu duplo aspecto, positivo e crtico, o grito de admirao de Helena diante do amigo: " O filho da natureza que a Civilizao no pode corromper; mas o termo essencial da apstrofe est na boca de Lopez; mas, enquanto Rousseau situa o estado de natureza em passado proto-histrico, ou mesmo, o que uma hiptese sobre a natureza do homem, nele v um estado terico "que pode no ter existido", Denis diria de bom grado que ele devia imperar no Brasil at h pouco tempo atrs, at a chegada das caravelas.

Com efeito, nenhuma dificuldade terica o detm: Ele as ignora ou contorna. O estado selvagem, tal como o Brasil do sculo XVI deixou entrever, era o estado de natureza dos filsofos? A novela no discute esse ponto. Implicaria ele a igualdade de condies? Sim, ao que parece, pela ausncia de apropriao do solo e da cultura.

Entretanto, se a avidez dos portugueses censurada, no h condenao alguma da propriedade em si.

__________________
Data: 20/09/2013 às 09:24:13
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.93.6
Mensagem: VERDADES SALVADORAS

"Todo homem, cada homem, responsvel pelo destino da humanidade - por suas aes ou omisses; para as religies judaico-crists, o fundamento bsico a afirmao da Bblia: Deus fez o homem sua imagem e semelhana; o individualismo gera o egoismo, raiz de todos os males; urgente solidarizar profundamente o ter e o ser: longe de se exclurem, os dois se completam e um no pode viver sem o outro; o mal no ter.

Seria contra a verdade e, portanto, escravido, temer a imaginao criadora do homem e o que se prev para amanh e depois de amanh. Indispensvel que, em lugar de o progresso estar a servio de grupos sempre mais restritos, que ele fique a servio da humanidade inteira; nem misria que subumanize, nem excesso de conforto que desumanize".

DOM HELDER CMARA, em "O Deserto Frtil", p.58.
Data: 18/09/2013 às 07:32:18
De: Jomar Reis   Para: "A quem possa interessar" - Meu IP: 189.79.93.6
Mensagem: UNIO SEM ADEUS

Converte o pranto em que te dilaceras
Em fonte de bondade, alma querida,
Transfigura em bondade, paz e vida
A saudade que trazes de outras eras. . .

Espalha o bem, por mais que a dor coincida
Com teu sonho de novas primaveras,
Eleva-te a caminho, enquanto esperas,
Quanto mais alto, tanto mais subida.

Segue e serve, de ps sangrando embora,
Esquece-te, perdoa, lida, chora,
Luta, vence-te, sofre, mas porfia!. . .

E encontrars o Reino do Amor Puro,
Da unio sem adeus ante o futuro
Na beleza perptua da alegria!. . .

___________ AUTA DE SOUZA

(Soneto recebido em reunio da noite de
21/07/1973, na Comunho Esprita Crist,
em Uberaba, MG.)
Data: 18/09/2013 às 07:11:51
De: Jomar Reis   Para: "A quem interessar possa" - Meu IP: 189.79.72.201
Mensagem: PERDOA

Repara a fonte diligente e boa
Escravizada ao solo em que destila,
Acolhendo, a cantar, doce e tranquila,
A saliva do charco que a magoa.

Envolvente e translcida coroa
Que afaga e nutre o corao de argila
Passa ajudando ao cho em que se asila,
Tanto mais pura, quanto mais perdoa. . .

Como a fonte que olvida toda ofensa,
Abraa na bondade a luz imensa
Que te guarda, no mundo, a alma sincera.

E, estendendo o perdo por onde fores,
Encontrars na cruz das prprias dores
A Alegria Divina que te espera. . .

___________ AUTA DE SOUZA

("CAMPANHA DE FRATERNIDADE AUTA DE SOUZA"
1 edio - Fevereiro 1972 - pg. 45".)
Data: 17/09/2013 às 04:18:08
De: Jomar Reis   Para: "Os conhecidos de outros tempos" - Meu IP: 189.79.76.55
Mensagem: CARIDADE E PERDO

Caridade verdadeira,
Em todos os seus caminhos,
Quando oferece uma rosa
Sabe tirar os espinhos.

_______ AUTA DE SOUZA

"CHO DE FLORES"
IDEAL
Data: 16/09/2013 às 04:03:34
De: Jomar Reis   Para: Antnio do Bode - Meu IP: 189.79.76.55
Mensagem: Por me lembrar e pelo carinho que temos por voc, estou endereando ao seu direito por menor que seja, esta explicao a respeito das Casas de Cultura de todo
Brasil, no s da capital de So Paulo.

No importa o que eles dizem, continue luando por seus
direitos. Pode no valer muito para eles, mas, para voc
vale, pelo menos a "dignidade ferida".

E quem vai arbitrar, bater o martelo, no ser nenhum
deles.

Abraos.

"  As Casas de Cultura so equipamentos pblico de referncia Cultural.
Centro gerador e articulador de cultura, atravs da formao, reflexo, exibio, produo, memria e fruio da adversidade cultural presente na cidade de So Paulo.

Cabe Casa de Cultura universalizar o acesso produo e fruio de bens e atividades culturais, especialmente na perspectiva da incluso cultural da populao de baixa renda (Plano Diretor de So Paulo).

Espao Cultural Tendal da Lapa

TendaldaLapa.Blog  spot.com

e-mail: tendal.dalapa.@yahoo.com.  br

Tel.: (11) 38621837
Data: 16/09/2013 às 03:55:41
De: Jomar Reis   Para: Conversando - Meu IP: 189.79.65.84
Mensagem: CONVERSANDO

Se procuras a bno da Alegria,
Desce ao vale do Pranto e da Tristeza,
Onde a dor de milhes clama, indefesa,
Sob o vento da noite imensa e fria. . .

Traze do que te sobre veste e mesa,
Socorrendo a misria que te espia,
E espalhars, nas trevas da Agonia,
Os raios da Esperana e da Beleza.

Ajuda e sentirs o Cu no peito,
A derramar-se, em jbilo perfeito,
No teu gesto de amor, envolto em prece.

E vencers, feliz, penas e abrolhos,
Porque ters, na luz dos prprios olhos,
A viso de Jesus, que te agradece.

____________ AUTA DE SOUZA

("CAMPANHA DA FRATERNIDADE AUTA DE SOUZA" -
1 edio - Fevereiro 1972 - pg. 38.)
Data: 14/09/2013 às 07:13:51
De: Jomar Reis   Para: Almir Zarfeg - Meu IP: 189.79.84.10
Mensagem: Li que a nossa professora Enelita Freitas esteve no Maranho e para no ficar com a (minha) pulga atrs da orelha, vou perguntar:

Ela mencionou, o tambm nosso Nelson Sapateiro?

Ele do mesmo tempo de Dona Col, me de Ione e esposa do Sr. Plnio Curvelo.
Ser que ela citou "As Pastorinhas" de D. Col?

Agradecimentos antecipados.


Data: 13/09/2013 às 16:18:59
De: Jomar Reis   Para: Rua Oscar Cardoso - Itanhm, Bahia. - Meu IP: 189.79.76.3
Mensagem: Quando mudaram para Emiliano Fernandes? No sei. No foi no meu tempo. Conheci o Deputado Oscar Cardoso e me lembro de Antnio But, Dr. Ary e alguns seguidores, que no Cine Clarim, fizeram o "BOTA-FORA" dele e do Sr. Dozinho, de maneira vergonhosa. Eu tambm estava l, nesse dia.

AS LEMBRANAS

Das velhas impresses da infncia a ideia grata
Perdura-nos fiel, volvam embora os anos:
Em vo do nosso abril as flores sofrem danos,
A imagem delas fica indelvel, exata.

Ao contrrio, ai de ns! - ningum conserva intata
A memria, apesar de esforos sobre-humanos,
Das novas emoes, efmeros enganos,
Cujo trao se apaga apenas se retrata.

Como esperto escano que no banquete a taa
Entretm sempre cheia, a cada vez que passa,
Passa o tempo e nos enche a memria tambm.

A lembrana mais nova a gota derradeira,
Que ao choque mais sutil, transborda e cai; porm
No fundo permanece a primitiva - inteira.

_____________  __________

POEMAS DE SULLY PRUDHOMME EM TRADUES BRASILEIRAS

AUGUSTO DE LIMA

(Traduo colhida na Antologia organizada por
Magalhes Jnior.)
Data: 08/09/2013 às 05:54:52
De: KATYANE   Para: VEREADOR - Meu IP: 201.30.97.79
Mensagem: Nossa vereador, a mulher acaba de assumir e vc ai ja pertubando ela, acho que vcs esto querendo se aparecer viu, falta do que fazer!Como disse os outros essa camara esta pior do que a poca antiga quando diziam que so tinham analfabetos, o prefeito bateu o xaveco em todos vcs, n? cs so fracos mesmos...
Data: 27/08/2013 às 09:23:23
De: Mara   Para: Sindicato - Meu IP: 189.23.217.174
Mensagem: Concordo Catarina, um risco.. E acho que para o nivel da exposio as nossas crianas mereciam uma parque com mais qualidade. Uma boa critica a sua.
Data: 21/08/2013 às 12:07:08
De: Catarina   Para: organizadores da festa exponhem - Meu IP: 201.50.118.185
Mensagem: para de trazer resto de PARQUE infantil para as crianas, todo ano e a mesma porcaria parque NOVA ERA e era mesmo. brinquedos quebrados colocando em risco as crianas, instalaes mal feitas, um L I X O, um lixooooooo e a responsabilidade e de vocs se nao tem algo melhor pra trazer deixa sem nada e mais SEGURO do que colocar a vida de CRIANCAS EM RISCO
Data: 19/08/2013 às 21:03:13
De: Jomar Reis   Para: Prefeito Bentivi - Meu IP: 189.79.75.246
Mensagem: Senhor Prefeito:

Talvez seja esta a reivindicao mais pertinente de povo para povo; se
a Prefeitura Municipal de Itanhm no tm condies de arcar com as
despesas de um registro de "gari", como seu funcionrio, garantindo-lhe todos os seus direitos trabalhistas, como Salrio, 13 Salrio, Frias, Salrio Maternidade, Licena Paternidade, FGTS, PIS-PASEB, Cesta Bsica e tudo mais, ento Sr. Prefeito, o Senhor no filho de Itanhm, no cuida de seu povo, no importando que seja pobre ou rico, preto ou branco. O Senhor no passa de outro agiota igual a tantos outros que tira de seus prprios filhos menos favorecidos, o princpio bsico de seus direitos. Invista neles, pois, a seriedade pblica comea quando se respeita o que por direito do povo. Seja mais um de seus advogados e no, mais um sindicalista travestido de cordeiro, como estamos vendo por esse Brasil, desde 2003.
Data: 17/08/2013 às 04:09:35
De: Jomar Reis   Para: A quem possa interessar - Meu IP: 189.79.83.135
Mensagem: a continuao... Aps trabalhar para o Sr. Clauduarte S Andrade, fui trabalhar com o Sr. Marly Guerra Barreiros, cunhado do prefeito Joo Farias Pires, que comprou a casa comercial do Sr. Clauduarte. O Pagamento que receb por haver trabalhado por mais de um ano foi um "corte de tecido PANAM", para confeco de um terno.

Houve a minha "venda", onde era ou ainda , de propriedade de Antnio Ruas; devido o meu pai me pegar jogando "bingo" fui destitudo de proprietrio e ele vendeu a venda.

Surgiu os "Laticnios Agostinho Bossi" e passei a receber creme. No demorou nada e l fui eu de mala e cuia para trabalhar em NANUQUE/MG. Dormia nas dependncias do laticnio e fazia refeies em uma penso, no centro da cidade.
Estava com 14 anos e 5 meses. Levantava as cinco horas, ia de caminho com o motorista e um ajudante at o entroncamento de NANUQUE/Carlos Chagas e voltava recolhendo os vasilhames, anotava tudo e entregava tudo ao Sr. Elias, encarregado do laboratrio, meu superior imediato. Isso durou at incio do ano de 1960, quando fui convidado a voltar a Itanhm. Foi nesta volta que fui levado para Gabiarra por meu tio Jos Calixto do Nascimento e por seu filho Roque e a tropa de animais. J estava indo para Correntina (trabalhei em Gabiarra com o Sr. Alcides Gobiras Lacerda, e ele queria me levar para Correntina) quando resolveram, os meus pais, a se mudarem para Caravelas, e no final d 1960 j estvamos em nova cidade. Eles diziam que eu era da "juventude transviada". Mas em fevereiro de 196l, tudo mudou, para melhor, felizmente.

Aqui o filho problemtico vira heri e exemplo para a cidade. Passei em primeiro lugar nos "exames de admisso ao ginsio". Fui primeiro tambm, no sei como, mas, no primeiro e no segundo ano ginasial.

Em 1963 l vou eu de volta a Itanhm, e a alegria acabou, virei de novo o inconsequente e irresponsvel "BAD BOY", que mais dormia, que ficava acordado.

Continua ...
Data: 09/08/2013 às 08:31:02
De: Jomar Reis   Para: A quem possa interessar - Meu IP: 189.79.69.5
Mensagem: ... no hebreu . . .do hebreu
Hebraico, .........................  .
Judeu .... Judaico...............

 
Vamos at Palestina no ano 1200 antes de Cristo. Quem
primeiro chegou, hebreus (judeus/israelenses) ou cretenses (filisteus/ palestinos) ?

OS SAMARITANOS

Por que Samaria ? Ser que foi fundada mesmo no ano de 815 antes de Cristo ?

Aos interesses maiores dos governantes, desde aquela poca, tudo era facilitado. At hoje, "tabu" no se falar em certos assuntos bblicos. mais prefervel vivermos na ignorncia "cega, surda e muda" que procurarmos dirimir certas dvidas. Muito se faz para que todo tipo de preconceito acabe de vez.

A Palestina um mito, um mico, um pedacinho de terra encravado na conscincia de muita gente bem intencionada, nada mais que isso.

Jomar Reis.
Data: 09/08/2013 às 03:36:49
De: Jomar Reis   Para: A quem possa interessar - Meu IP: 189.79.69.68
Mensagem: Tem professor e professor, certas regras, na hora da emoo vai para o espao. Ai vem o outro e diz assim a traduo para o portugus est desse jeito porque no grego, no latim, no troiano, no hebreu, no chines ... tem mais, eles so os donos da verdade, que no pas tal, o verbo vem antes, mo outro, depois. Houve um rei na Inglaterra que EM 1611 mandou traduzir a Bblia Sagrada, bem, tempos depois resolveram conferir. Havia mais de 30.000 erros. Agora so as interpretaes, ser que at com a palavra de Deus, eles so capazes de alterarem em proveito prprio, tipo nossos legisladores. Esses legislam em causa prpria, ningum duvida mais. So os da CALADA DA NOITE, DOS CONCHAVOS, DAS PROPINAS.

... a quem interessar possa . . . Mais uma justificativa: O sujeito nasce na roa, no meio do mato, dos bichos e de sua famlia, ningum estuda ou estudou, convivem com vizinhos e com o pessoal da cidadezinha, onde vai todo santo sbado fazer feira, comprar ou vender alguma coisa da propriedade (PREFEITO BENTIVI, O SENHOR, NO PODE SE OMITIR, EM RELAO, FFEIRA DE ITANHM, PRECISO REVITALIZ-LA. ESTAS COISAS NO PODEM DESAPARECER ASSIM NA FUMAA (DO GONGO). ACABOU TAMBM O POVO POBRE, O NECESSITADO DE UMA FEIRA, ONDE ELE TEM LIBERDADE PARA COMPRAR ONDE QUISER. PENSE A RESPEITO), ele vai todo sbado e no contato com o pessoal da cidade tem algumas aulas de portugus, pois aprende a falar, no bem assim, mas quase. Voltando ao modo de escrever: O meio que ele convive este, no estudou, no estuda e entra ano e sai ano e chega-se em Itanhm nos anos 50. Sa de Itanhm no dia 16 de janeiro de 1969, at aquele dia, no existia TV, gua canalizada, Energia Eltrica era de um gerador movido a leo diesel, que no se lembra da CASA DO MOTOR, onde hoje uma biblioteca, professor s de Caetit ou de Salvador. O sujeito pode ser presidente da ABL - Academia Brasileira de Letras e se no tiver cuidado ser trado pela sua origem. ou no Sr. Almir Zarfeg?

Jomar Reis
Data: 04/08/2013 às 07:04:53
De: funcionria da saude.   Para: colegas - Meu IP: 201.42.38.138
Mensagem: Coitados dos funcionrios do maria moreira ,afinal de conta quem seu patro?De alguem vcs recebem ordens cobra desse alguem, eles esto enrolando vcs.ou voces so funcionrio da prefeitura? Nen tudo da para funcionar com a emoo.
Data: 01/08/2013 às 21:12:47
De: MORADOR E ELEITOR   Para: PARA A ADMINISTRAAO (PREFEITO) - Meu IP: 189.43.37.118
Mensagem: QUE VERGONHA CHEGOU ANOSSA CIDADE SEM EDUCAAO SEM SAUDE NA VERDADE SEM NADA VAMOS ACORDAR NOSSO POVO QUERIDO DE ITANHEM VAMOS PRA RUA CORRER ATRS DO NOSSOS DIREITOS PQ SE NAO ITANHEM VAI VOLTAE SE LATINHA E A AGORA SEM HOSPITAL TBM LUCAS BOCAO NELES
Data: 01/08/2013 às 20:24:43
De: Jomar Reis   Para: Algum que sabe quem... - Meu IP: 189.79.74.62
Mensagem: Trabalhei para o Sr. Clauduarte S Andrade, seu pai, por dois anos e nessa poca, CladuArte S era dos seus quatro anos mais ou menos. Fiz uma pergunta pra ele, se no haveria uma possibilidade de pelo menos, uma "canja musical", para o povo menos favorecido, devido ao Senhor que falou
das entradas serem exclusivas de particulares, que podem nem serem filhos desta Cidade. preciso de uma mozinha do Prefeito Bentivi, caso contrrio nem fica bem a vinda do filho ilustre. Por dois anos de trabalho com o pai dele, recebi como pagamento uma "bezerra, quase vaca", o esperto do meu pai torrou no cobre.
Data: 01/08/2013 às 03:31:57
De: Catarina   Para: todos - Meu IP: 189.104.176.64
Mensagem: REVOLTANTE o que esta acontecendo em nossa cidade a EDUCAO e SADE acabou! greve dos professores e no repasse das verbas para a sade, e de quem sera a culpa? de uma administrao omissa? por erros de alguns a SOCIEDADE tem quem pagar e pior os MAIS NECESSITADOS. agora querem fazer conferencia na casa da CULTURA numa cidade aonde nao tem educacao.so informando que a educao transforma a cultura que a cultura transforma o homem e este transforma a cultura, onde ambos so transformados pela EDUCACAO. aonde esta a educacao?? aonde esta a SAUDE? ITANHEM esta vivendo um momento de vergonha, de descaso, de corrupcao. queremos e temos direitos de ter uma administracao transparente.
Data: 31/07/2013 às 23:19:31
De: Jomar Reis   Para: Ivan Santana - Meu IP: 189.79.107.135
Mensagem: Quando cheguei aqui em So Paulo, foi que percebi que a "ficha", havia
cado e eu nem havia notado. Chegamos em Itanhm no incio dos anos
cinquenta e j no havia mais terras devolutas no municpio de Itanhm
quando ainda pertencia a Alcobaa. O que poderia existir era terras no
registradas, melhor dizendo, sem escrituras.

Digenes, era o Delegado de Terras;
Sr. Grinaldo Costa Medeiros, era o Tabelio de Notas, sendo substitudo
por Jonga;
Theodomiro Ribeiro Novaes, era o Oficial de Registro Civil, substitudo por
Dely Gonalves dos Santos.

De 1950 at o dia 16 de janeiro de 1969, quando vim embora, no
soube de nenhuma demanda, desentendimento, nada, a no ser o caso
do Sr. Anthero Augusto Santana, mas, ali era roubo e na mo grande.
Nesse caso eu entrego pra Deus, at hoje, fico perplexo.

Vou aproveitar, para falar que a Declarao do meu Tempo de Servio
na Prefeitura Municipal de Itanhm, aqui em S. Paulo, no serviu pra
nada. Trabalhei quando menino para o meu pai, servio da Prefeitura
de Alcobaa, depois, fazendo servios da Prefeitura de Itanhm. Joo
Bernardino de Medeiros Neto, era Auxiliar de Coletor e ele sabe que eu
fazia planto na coletoria para cobrar o imposto municipal. Bem que
ele poderia ser uma das testemunhas que o Prefeito exigiu para poder
assinar a tal da declarao.

Anos depois:

01.07.1965 - Admitido como Auxiliar da Cmara Municipal de Itanhm;

DEZ.1965 - Estgio do IBRA hoje INCRA em Caravelas, os funcion -
rios que foram: Jomar Santos dos Reis, Aux. da Cmara
Municipal de Vereadores; Lolozinho, Coletor Municipal;
Marly Guerra Barreiros, Fiscal do Municpio; Jos Muqum
tambm Fiscal Municipal e Levy Moreira Lisboa, convida
do por mim, devido a falta de outro funcionrio;

De 06 a 13 - de janeiro de 1966, , houve A Semana da Terra;
Cadastramento de todos os Imveis Rurais de Itanhm
e foi nessa poca que muito se falou que os militares
iam confiscar terras de muita gente.

14.01.1966 - Efetivado pelo ento prefeito Joo Farias Pires no cargo
de Chefe de UMC - Unidade Municipal de Cadastramen-
to de Imveis Rurais;

16.01.1969 - Demitiu-se. Saiu.

Neste mesmo perodo de 14.01.1966 at 16.01.1969, tambm traba -
lhei para o Sr. Gerenaldo Macrio Muniz, Coletor Estadual, era Auxili -
ar de Coletor, no era registrado. Era "bico" mesmo. O Sr. Joo Ber -
nardino de Medeiros Neto (Jonga), acompanhou minuciosamente, os
servios que fiz. No tem como ele no afirmar, para se escriturar
uma propriedade, era preciso da Declarao do IBRA, hoje INCRA.

Espero ter conseguido explicar.

Tm mais outros pormenores, mas deixo pra depois, preciso deixar es-
crito, para ficar registrado.

Abraos,

Jomar Santos dos Reis

Data: 29/07/2013 às 06:20:57
De: povo de itanhem   Para: QUEM INTERESSAR - Meu IP: 201.50.121.202
Mensagem: 14 de agosto CLAUDUARTE SA na casa da cultura em itanhem como diz BEGAO. otimo!!!!!
pena que o show sera restrito so para convidados eu disse CONVIDADOS. quem sera os convidados? a elite? a burquesia? a festa e do povo ou e restrita a alguns? quem quiser apreciar o cantor e nao for convidado nao entrarar?
ISTO E UMA VERGONHA!!!!!!
Data: 24/07/2013 às 20:33:16
De: Dinomendes santos (MENDAO)   Para: TODOS - Meu IP: 67.81.236.121
Mensagem: ISSO MOSTRA O QUE UMA VOZ PODE FAZER. UMA VOZ PODE MUDAR UMA SALA. E SE PODE MUDAR UMA SALA, PODE MUDAR UMA SIDADE. E SE PODE MUDAR UMA CIDADE, PODE MUDAR UM ESTADO. E SE PODE MUDAR UM ESTADO. PODE MUDAR UMA NACAO. E SE MUDAR UMA, PODE MUDAR O MUNDO. SUA VOZ MUDOU O MUNDO
Data: 10/07/2013 às 14:36:12
De: Dinomendes santos (MENDAO)   Para: TODOS - Meu IP: 67.81.234.188
Mensagem: ATENCAO, A REFORMA POLITICA DO PT. PORQUE O PT QUER O FINANCIAMENTO PUBLICO DE CAMPANHA: PORQUE OS PETITAS PRETENDEM ENCAMPAR A PROPOSTA DE QUE PESSOAS E EMPRESAS POSSAM FAZER DOACOES DE CAMPANHA PARA UM FUNDO, SEM ESCOLHER DESTINATARIOS. DEPOIS, O BOLO DE RECURSOS E REPARTIDO SEGUNDO A VOTACAO QUE OS PARTIDOS TIVERAM NA ELEICAO ANTERIOR. SE CONSOLIDADA NAS ELEICOES DE 2014, POR EXEMPLO, A MEDIDA BENEFICIARIA DIRETAMENTE O PT E GARANTINDO 67.59% DOS RECURSOS AO CAIXA PETISTA. PELA PROPOSTA DEFENDIDA PELO PT, O PREJUIZO PARA A REDE, NOVA SIGLA DE MARINA SILVA. MESMO TENDO 20 MILHOES DE VOTOS EM 2010, A EX-SENADORA TERIA DIREITO A SOMENTE 0,16% DO DINHEIRO PUBLICO.
Data: 06/07/2013 às 12:07:52
De: ney   Para: todos de itanhem - Meu IP: 200.204.155.106
Mensagem: Tancredo 2016,...ibiraja ,itanhem renova (tancredo de s) ....ja
Data: 05/07/2013 às 23:06:26
De: Bego   Para: Itanheenses - Meu IP: 177.102.141.247
Mensagem: Meu povo preste ateno:
DIA 14 DE AGOSTO
SHOW DE CLAUDUARTE S
NA CASA DA CULTURA!
Data: 05/07/2013 às 17:41:56
De: ney   Para: todos de itanhem - Meu IP: 200.204.155.106
Mensagem: Mamae zuma vei ai de novo estamos com ela hoje e sempre....e vereado tancredo de sa ...2016
Data: 03/07/2013 às 23:19:39
De: Cidado de Itanhm   Para: Prefeito de Itanhm - Meu IP: 200.172.17.50
Mensagem: Quero saber do nosso prefeito quando sera que ele vai cria pelo menos uma perspectiva de vida para nossa populao e em qual segunda-feira as obras do matadouro vai comea ou sera que voc pretende inicia no ano que vem que mais uma vez sera poca de eleio e vocs ainda querem continua com essas mentiradas
Data: 01/07/2013 às 16:19:23
De: Dinomendes santos (MENDAO)   Para: TODOS - Meu IP: 67.81.237.198
Mensagem: CORRUPCAO, UM CONCER SOCIAL A CORRUPCAO E UM CANCER QUE ESTA MATANDO A SOCIEDADE BRASILEIRA. AS FAMILIAS SENTEM-SE EXPLORADAS PELA CORRUPCAO ENDEMICA E SISTEMICA DOS PODERESCONSTITUIDOS, PAGAMOS OS IMPOSTOS MAIS ALTOS DO PLANETA, E VEMOS POUCO RETORNO. SOMOS A SEXTA MAIOR ECONOMIA DO MUNDO, E TEMOS UMA DAS MAIS PERVESAS DISTRIBUICAO DE RENDA CONHECIDAS. SOMOS UMA NACAO RICA E UM POVO POBRE. NOSSOS RECURSOS CAEM NO RALO DA CORRUPCAO. OS PARTIDOS POLITICOS PERDERAM SUA IDEOLOGIA E SERVEM APENAS PARA LOTEAR O PODER E FACILITAR A ROBALHEIRA. ENTRAM GOVERNOS E SAEM GOVERNOS, MAS A INCLINACAO CRININOSA DA CORRUPCAO CONTINUA COMO PARASITA, DEVORANDO OS RECURSOS DESTINADOS A SAUDE , A EDUCACAO, A SEGURANCA E AO PROGRESSO. MEEMIAS,GOVERNADOR DE JESURALEM,MOSTROU QUE E POSSIVEL SER UM POLITICO INTEGRO. POR CAUSA DO TEMOR A DEUS E DO SEU AMOR AO POVO, ELE NAO ROUBOU OS COFRE PUBLICOS NEM PERMITIU QUE OS ESCALOES DO SEU GOVERNO ROUBASSEM. QUANDO HOMENS AVARENTOS CORRUPTOS SOBEM AO PODER, O POVO GEME, AS FAMILIAS SAO ROUBADAS E A INJUSTICA CAMPEIA. DEUS ABOMINA A RIQUEZA MAL ADIQUIRIDA. DEUS ABOMINA A OPRESSAO. DEVEMOS POSICIONAR-NOS FIRMENENTE CONTRA TODA ESPECIE DE CORRUPCAO,SEJA NO GOVERNA, NA IGREJA OU NA FAMILIA. "DORMIA A NOSSA PATRIA MAE TAO DISTRAIDA,SEM PERCEBER QUE ERA SUBTRAIDA EM TENEBROSAS TRANSACOES.." ROBERTO GURJEL
Data: 28/06/2013 às 19:07:09
De: catarina   Para: todos - Meu IP: 189.104.144.47
Mensagem: boa valdir por vc dizer que temos que parabenizar o prefeito por ter pintado o meio fio kkkkkkk e a unica coisa que ELE sabe fazer. porque de resto ele esta afundando nossa cidade em dividas. Agora os que votaram nele estao todos insatisfeitos os mesmos pegam sua bandeira e vao pra rua protestar/ vcs nao queria o prefeito agora AQUENTA. aproveita o BRASIL em protesto e faca o mesmo em ITANHEM
Data: 27/06/2013 às 23:38:55
De: Dinomendes santos   Para: JOAO SANTOS - Meu IP: 67.81.237.198
Mensagem: REALMENTE EU E O BRASIL ESTAMOS FRUSTRADOS COM A EDUCACAO, SAUDE E CORUPCOA. QUEM TEM UMA FAMILIA LINDO COMO EU TENHO E SO ALEGRIA. ABRACOS. JOAO SANTOS E FAMILIA E COMO ESTA JOAQUIM SANTOS
Data: 27/06/2013 às 19:39:59
De: JOO SANTOS   Para: DINOMENDES - Meu IP: 201.50.186.64
Mensagem: VOC UMA PESSOA FRUSTRADA, PORQUE ME LEMBRO NUMA CONVERSA NA AABB QUE VOCE IRIA APOIAR BEMTIVI JUNTAMENTE COM DERILTON, MAS COMO A BURRICE FOI TAMANHA QUE MORRERAM NA PRAIA. BEMTIVI NO ENGANA NINGUM PORQUE O QUE ELE EST FAZENDO O PAI DA SUA CANDIDATA QUE VARIOS MANDATOS NO CONSEGUIRAM FAZER NADA. ABRAOS. MENDO
Data: 26/06/2013 às 16:57:58
De: Dinomendes santos   Para: todos - Meu IP: 67.81.233.61
Mensagem: Alguem sabe dizer, onde o filho de lula arumou 130 milhoes para compra uma fazenda. sera que foi no BNDES o os amigos fizeram vaquinha VAMOS PARA RUA EDUCADORES COM SALARIOS DE BOLSA ESMOLA
Data: 26/06/2013 às 14:40:21
De: Dinomendes santos   Para: bentive - Meu IP: 67.81.234.51
Mensagem: Voce pode enganar uma passoa por muito tempo; alguns por algum tempo; mas nao consegue enganar a todos por todo tempo. Abraham lincoln
Data: 26/06/2013 às 00:03:27
De: gisele   Para: itanhem - Meu IP: 186.235.165.105
Mensagem: grande encontro com Deus breve em Itanhm nos dias 12,13,14 de julho inscrio 73 88875431
Data: 18/06/2013 às 21:26:53
De: Valdir   Para: Itanhem - Meu IP: 186.235.164.112
Mensagem: Algumas perguntas ficam no "ar"... Se essa obra sai ou no sai? Porque o gorverno trata o cidado com tanta falta de respeito? lembro que faltando uns dias para as eleies o secretario Eduardo sales esteve em Itanhem com o deputado Mario Negromonte Junior(que at chorou) dizendo que a obra comeava segunda-feira. Assinaram papeis na frente de toda comunidade no parque de eventos. Vai fazer um ano do ocorrido. Agora vem eleies estaduais e a mesma conversa? O povo de Itanhem esta cansado de ser enganado por esse bando de canalhas! Itanhem ninguem entende. calamento comea e no termina, escadaria comea e no termina, asfalto faz e no dura seis meses, e o matadouro ta pra matar todo mundo de raiva. E ainda ouvimos falar de asfalto para Minas! Mas no quero apenas criticar, aproveito para parabenizar o prefeito por ter pintado o meio fio este ano!
Data: 18/06/2013 às 00:09:03
De: de erlivan rocha   Para: itanhem - Meu IP: 85.245.210.134
Mensagem: alo!!! galera em breve estarei ai em minha cidade natal.um abrao a todos
Data: 16/06/2013 às 15:58:27
De: paulista   Para: paratodos - Meu IP: 179.163.184.182
Mensagem: nao perca dia 29\05\2013 musica aovivo
no paulista,gabriel
Data: 28/05/2013 às 23:03:58
De: Vanuizia   Para: Itanhm - Meu IP: 187.56.214.53
Mensagem: ouvir falar da proposta do psf ter o nome da minha eterna colega e amiga Maria Zilma Amaral , emocionante pois trabalhei com ela e sei o valor.saudades!
Data: 24/05/2013 às 13:05:18
De: erlivan rocha   Para: galera de itanhem - Meu IP: 85.246.14.247
Mensagem: ola galera de itanhem no fim do ano astarei ai pr agente tomar todas.um abrao
Data: 19/05/2013 às 21:03:04
De: tchay batera   Para: natanael costa - Meu IP: 2.233.203.182
Mensagem: ola meu irmanhozinho um abraao vou no final de ano ai estou morrendo de saldades.
Data: 05/05/2013 às 07:59:50
De: jeremias   Para: populaao - Meu IP: 189.107.38.155
Mensagem: saudades dessa cidade maravilhosa,vamos trazer empresa prefeito para que jovens de itanhem possa retonar pra casa,abranos boa sorte todos ai...
Data: 30/04/2013 às 12:43:16
« Anterior | 1|2|3|4|5|6|7|8|9|10|11|12|13|14|15|16|17|18|19|20|21|22|23|24|25|26|  Próxima »